Vida Facil

Vida Facil com Abraham-Hicks

Seu Eu Interior

Seu Ser Interior gosta de pular, rir e pensar sobre as coisas; seu Ser Interior gosta de elogiar e de sentir apreciação e de contemplar algo que não é totalmente compreendido e, então, sentir o entendimento chegando. Seu Ser Interior se parece com uma criança brincalhona de dois anos, ávida por experiência de vida. Para encontrar com seu Ser Interior apenas seja mais do jeito dele agora.

Abraham-Hicks - Sacramento, CA, 15/março/03 - Trad. de Claudia Giovani/09

Não se contrarie

Não existe nada pior que possa causar a si mesmo que fazer alguma coisa que você acha que é impróprio.
Portanto, sinta-se seguro e feliz sobre suas escolhas. Porque é a sua contradição que causa a maioria das contradições em sua vibração.

Abraham-Hicks - 25/07/99 - Trad. de Claudia Giovani/08

Seja verdadeito consigo


"Não peça a ninguém, nem ao seu melhor amigo, para ser verdadeiro com você.


Seja VOCÊ verdadeiro com você.

Deixe que os outros façam ou sejam o que quiserem.
Seja você verdadeiro com você.

Diga: "As coisas sempre terminam bem para mim."
Quando você sabe disto, você deixa os outros e o que eles fazem fora da equação."

Abraham-Hicks ~ 06/10/07 - Trad. de Claudia Giovani/08

Você Veio Da Sua Exuberância

Você não veio para este tempo/espaço físico para provar nada a ninguém, nem provar seu valor ou deixar sua marca.  Você veio por causa da absoluta exuberância pela vida. Você disse: "Vou para a experiência física coletar dados do meu tempo e espaço. Então vou me permitir ser orientado desde o meu interior. Vou procurar por coisas para apreciar que me façam vibrar em harmonia com minha perspectiva maior. E ao atingir esta iluminação, ou visão clara, serei um funil que permite vir, para este tempo/espaço, a pura e positiva Energia ...
Abraham-Hicks - 2/28/93

 A Base da Sua Vida é Liberdade.
O Objetivo da Sua Vida é Felicidade.
O Resultado da Sua Vida é Crescimento.
Abraham-Hicks - 1991

Tradução de Claudia Giovani

Você é puro amor

Ao trabalhar consigo um pouco mais sobre amar-se, então você aceita que flua por você
tudo que você é, que é puro amor.


Ao não gostar de si, ao encontrar falhas em si, então você se furta do puro amor.

Portanto, olhe-se no espelho, bem dentro dos seus olhos e diga: "Eu Interior, você está ai?"
Seu Eu Interior está lá ... então diga: "Então, o que você pensa de mim?"


E seu Eu Interior irá olhar para você com um amor tão profundo e tão certo, que é possível que ouça.

Seu Eu Interior adora você. Seu Eu Interior conhece seu valor. Seu Eu Interior É você ...

Estamos dizendo: aceite-se e ame-se, e aceite que tudo está bem com você, e assista os benefícios que virão disto."

Abraham-Hicks Houston, TX, 1/13/01 (Tape B) - Trad. de Claudia Giovani -janeiro/07


Somos todos amados

Estamos todos fazendo muita onda disto tudo. Onda demais. A vida é pra ser coisa boa. Para ser divertida.

As pessoas estão ai para serem suas amigas. Elas estao aí para te evocar bons sentimentos. E você está aí para evocar boas coisas delas. Vocês não estão aí para quererem as mesmas coisas. Na vida há uma grande variedade, não é virtuoso ser igual. E não é inapropriado ser diferente. Em outras palavras, está tudo certo. Apenas tome uma decisão: que não importa o que aconteça você vai se sentir bem e não vai deixar todas aquelas coisas pequeninas que tantos andaram lhe ensinando e que vem lhe preocupando há tempos fazer parte,  você simplesmente não vai jogar mais aquele jogo. E da próxima vez que alguém tentar lhe colocar numa posição em que você se sente mal , mesmo que apenas um pouquinho, pare e diga:  "Ok, eu prometi a mim mesmo que não iria fazer mais isto”. E eles vão lhe perguntar:  “ Como? Fazer o quê? ” Então responda: “ me preocupar a respeito do que você pensa" . ( gargalhadas na audiência)

 "Eu prometi a mim mesmo que eu nao iria fazer mais isto. Eu prometi a mim mesmo que iria  dar a nós dois o benefício da dúvida  e supor que você me ama."  

E nós acreditamos que não exista um único deles que vá dizer: “Pois bem, você está errado e eu não.”

 Abraham-Hicks - Atlanta, GA, 5/4/02 – tradução de Monica Grohmann

Suavizar e Apreciar a Si Mesmo


Nós queremos que cada momento de sua experiência seja de regozijo assim como é para nós.

Nós queremos que você  olhe o mundo ao seu redor e não se preocupe,  mas sim celebre a sua beleza.

Nós queremos que você dê uma olhada em sua própria vida e não se preocupe,  e sim festeje e divirta-se com a sua magnificência.

Nós queremos que você  olhe para o seu próprio corpo e não implique com uma ruga ou um quilo extra, ou 20 ou 30 ou 40.

Nós queremos que você olhe para si mesmo e se adore. E quando você fizer este pequeno esforço para apreciar aquilo que é seu AGORA, você vai dissolver rapidamente qualquer resistência que o esteja mantendo separado das coisas que quer.

Esta é a fórmula mágica que você andou procurando. Este é o segrêdo para a sua combinação. É a chave para a sua permissão.

É a chave para que você consiga o que quer. É a chave para a sua abundância, claridade, e estamina. É a chave para a sua energia.

É a chave para a sua vitalidade. É a chave para a sua flexibilidade. É a chave para o seu bem estar.

É  a chave para todas as coisas que o  fazem se sentir bem.

Faça um pequeno esforço, toda oportunidade que tiver, de olhar para onde você se encontra AGORA,
e faça o melhor que puder para suavizar e apreciar a si mesmo AGORA,  para suavizar e apreciar a si mesmo AGORA.

Abraham-Hicks - Tradução de Monica Grohmann/07



Aceitar-se?

"No momento em que alguém o convence a aceitar nem que seja uma partícula do sentimento de inadequação em você, puseram-lhe na direção segura de uma enfermidade potencial. O sentimento de amar-se e ter valor é um equivalente vibracional com a saúde

E o sentimento de "Fiz algo mal (errado)" é (o equivalente vibracional) da enfermidade.

Se não amar a si mesmo da mesma forma que sua Fonte (Deus, O Universo, seu Ser Interior) o ama, está criando resistência e essa resistência tem que se expressar de algum jeito (freqüentemente em enfermidades). "

Abraham-Hicks Buffalo, NY 5/30/06 - Tradução de Claudia Giovani

Comentário de Claudia Giovani:

Auto-estima. Se você se aceita e se ama tal qual é, automaticamente você também sabe que merece tudo! E se você aceita o mundo tal qual como é, reconhecendo que não existe nada de errado, que cada 'aparente' erro também é divinamente inspirado e, portanto, é absolutamente perfeito e pleno de seus direitos, você passa de um 'resistente' a um 'aceitador'. E quem aceita se abre para receber tudo que há de bom simplesmente porque reconhece apenas o Bem em tudo e em si mesmo.

Não se trata de ver apenas aquilo que gosta e desprezar o que não gosta. Trata-se de reconhecer e aceitar também o direito de existir daquilo que você não gosta!

MAS, e é um big mas, não nos aceitamos completamente, muito menos os outros, e por isso começamos a criar resistências.

O que é uma resistência? É uma vibração contrária àquilo que deseja. É uma crença contrária ao que deseja.

Quando você pensa em dinheiro ... como se sente?

Quando você pensa em amor ... o que vem à cabeça?

Quando você pensa em saúde, em seu corpo ... qual o pensamento que surge?

Dinheiro ... preciso economizar luz, a conta veio muito alta; adoraria fazer tal curso, mas não tenho dinheiro, etc.

Amor. Não sei o quero ... Eu queria tanto ser mais valorizada ...

Saúde. Está dor crônica está me matando!  Como eu queria perder uns 5 quilos, fazer uma plástica ...

Estas são nossas vibrações dominantes.  E enquanto forem dominantes, outras melhores não poderão dominar, concorda?

Então o que precisamos é 1. nos conhecer melhor, é estarmos mais atentos aos pensamentos limitantes (piolhos) que aparecem sorrateiramente no meio da melhor declaração de auto-amor, e 2. cultivar mais a arte do sentir-se agradecida pela vida, pelo que já existe em sua vida.

Aqui mesmo, mais abaixo, você encontrará mais algumas sugestões de como se aceitar, valorizar e validar.

- Claudia Giovani - 18/09/2006

http://www.shanta.biz/cursos.html

Você é uma extensão da Fonte de Energia

Tudo que existe em seu ambiente físico foi criado desde uma perspectiva Não-Física por aquilo que chama de Fonte. E assim como a Fonte criou seu mundo, você através do poder do pensamento focado, está continuamente criando seu mundo de um lugar de Liderança nesta realidade de tempo-espaço em que vive.

Você e aquilo que chama de Fonte são um e iguais.

Você não pode se separar da Fonte.

A Fonte nunca se separa de você.

Quando pensamos em você, pensamos na Fonte.

Quando pensamos na Fonte, pensamos em você.

A Fonte nunca emite um pensamento que separe você da Fonte.

Você não pode emitir um pensamento que cause a separação total (separação é, na verdade, uma palavra muito forte), mas você pode emitir pensamentos que são tão diferentes na natureza vibratória que podem obstaculizar sua conexão natural com a Fonte. Chamamos a isto de resistência.

A única forma de resistência, ou obstáculo à sua conexão com a Fonte, é emitida por você desde a sua perspectiva física. A Fonte está sempre à sua disposição, o Bem-Estar se extende a você constantemente. Com frequência você está no estado de permitir este Bem-Estar, mas algumas vezes você não está. Nós queremos ajudá-lo a permitir conscientemente sua conexão, na maior parte do tempo, com a Fonte.

pags. 16 e 17 - Ask and It is Given - Abraham-Hicks - Tradução de Claudia Giovani

                                                 www.shanta.biz

Você é um criador

*Ask and its given* – pag 71 – Abraham-Hicks – trad. Monica Grohmann

Ajudaria lembrar que vocês são criadores e vieram para o que há de mais avançado nesta realidade-espaço-temporal afim de experimentar a gostosura de direcionar a Fonte de Energia para particularidades específicas em sua experiência de vida física.

*************************************************************************************************

Quando você fez a decisão de vir para este corpo fisico, você sabia que era um criador e que a sua criação específica seria inspirada e beneficiada pelo ambiente terreno. Vê também sabia que quando pedisse algo, isto lhe seria dado. E você estava animadíssimo diante da perspectiva de ser inspirado a realizar seus próprios e específicos desejos e compreendendia que a Fonte iria fluir através de você, para que estes desejos fossem complementados.

Você também sabia o seguinte:

Que procurando sentir prazer e Bem-Estar você sempre estaria se movendo no sentido de alcançar o que deseja.

Que no processo de mover-se na direção de realizar seu desejo, você experimentaria sentimentos de prazer-alegria-regozijo.

Que neste ambiente terreno, você teria suficiente liberdade para moldar sua vibração para uma posição prazeirosa, visando atrair e criar experiências de vida maravilhosas.

Desde que o Bem–Estar é a base deste Universo, você teria oportunidades suficientes – através de uma emissão contínua de pensamento –  para poder moldar seus próprios pensamentos em experiências de vida prazeirosas.

Consciente da abundância de Bem-Estar no Universo, você não se sentiu em risco ou preocupado por estar imergindo em um ambiente onde existe muito contraste.

Adore-se

 

Existe outra parte de você, é seu Eu Interior não-físico. E esta outra parte de você, a força de Deus em você, adora o que você é. E quanto antes você entrar nesta auto-adoração, mais cedo você irá permitir que flua a Energia que você realmente é.

 

Vocês são extensões da Fonte de energia. Vocês vieram como gloriosos criadores. Não estão aqui como seres servis e rudimentares tentando descobrir o caminho de volta à graça de algo que é completo e terminado. Vocês são extensões gloriosas da Fonte.

 

Vocês são Deus encarnado em corpos físicos, levando o pensamento para além do que já havia antes. Mas não estão permitindo que a Energia da Fonte, que são vocês, flua para e através de vocês, portanto não podem começar a fazer o que vieram aqui fazer.

 

E posso ouvi-los dizendo: "Ah, que bom, agora vocês estão indo ao ponto. Por que estou aqui? O que vim fazer aqui?" E nós respondemos, vocês vieram para se exporem a mais e mais experiências de pleno deleite.

 

http://www.abraham-hicks.com - Tradução de Claudia Giovani

 

Como amar a si próprio

Muitos me dizem que não sabem como amar a si mesmos.
 
É simples. Basta ver o que você realmente quer para si, o que gosta, o que lhe dá mais prazer, o que o agrada.
 
Dá prazer implicar com alguém?
Agrada saber da corrupção?
Gosta de ficar com raiva por picuinhas?
Quer uma porção de culpas?
 
Pois bem, então vamos colocar isto de um modo mais prático.
 
Imagine-se mudando sua vida completamente com a seguinte resolução:
 
"Vou viver ao máximo, fazendo todas aquelas coisas que não me permitia fazer por vergonha, medo de críticas e julgamentos, ou para agradar os outros. Não vou mais perder meu bom tempo implicando com as coisas que julgo erradas nos outros nem vou mais buscar reconhecimento nos outros. Vou viver para mim. Vou usufruir a minha vida de agora para frente fazendo as coisas que são importantes para mim e sendo o mais feliz que eu conseguir. Vou tratar-me bem."
 
Experimente! Tenha a coragem de assumir riscos, de abandonar todos os medos que o seguram, de expressar quem é, livre e totalmente. Entre em contato com suas prioridades, aja segundo elas e viva a totalidade da sua vida!
 
Bem experimental,
Claudia Giovani - 2005

www.shanta.biz/cursos.html

Focalizem em quem vocês são realmente

Nós vemos vocês em cada momento da vossa experiencia. Nós adoramos
vocês por aquilo que vocês são e por aquilo em que se estão a transformar.
Nós reconhecemos que não há nada de errado que vocês possam fazer. Vocês
não podem sair fora da trilha. Vocês não podem desviar-se do vosso plano.
Vocês não podem falhar. Vocês não podem embaraçar-se e não podem trazer,
 para vós mesmos, nenhum disfavorecimento do vosso Não-Físico Deus ou Fonte.
A única agonia que você alguma vez pode experimentar, aqui no plano físico, é
quando vocês incluem na vossa observação uma vibração que não seja tão
acelarada como a de quem vocês realmente são.
 
Tradução de Oliveiros Costa
Abraham-Hicks
"Your Influence in this Vibrational Universe"
Excerpted from Abraham-Hicks Workshop Recordings
https://www.abraham-hicks.com

Hipnotizado

Qualquer um que se importe acima de tudo pela maneira como se sente,  nunca poderia ser *hipnotizado* a acreditar que seja alguém menos que maravilhoso.

Abraham -Hicks - tradução de Monica Grohmann 

Quem Você Realmente É

Workshop Abraham-Hicks:  3/23/02 Phoenix, AZ

Tradução de Claudia Giovani e Flavia Criss

Bom dia! Estamos muito felizes em encontrá-los aqui. É muito bom nos reunirmos com o propósito da co-criação, não concordam?
 
É o que está acontecendo, não é mesmo?
Na verdade, sabemos que aqueles que estão aqui hoje entendem de co-criação plenamente.
Entendem que (a co-criação) é uma fonte de energia concentrada fisicamente. Vocês estão fisicamente concentrados. E quando vocês se sentem muito bem, a Fonte -  que é vocês -  flui através de vocês. Estão compreendendo que são mais do que esses corpos físicos. Vocês estão compreendendo que são fontes de energia que se expressam através desses corpos físicos. Estão compreendendo que são seres eternos, muito maiores que apenas esta perspectiva física. Mas oh! Que experiência gloriosa, quando vocês permitem que sua personalidade humana e física esteja vibratoriamente em harmonia com sua fonte de energia! Não existe nada melhor do que isto!
 
 E é claro, vocês não podem impedir que isso aconteça. Isso acontece, simplesmente. Em outras palavras, vocês nem estariam aqui se isso não estivesse acontecendo. Muito menos vocês, que estão começando a entender o que nós denominamos de “Ciência da Criação Deliberada”, mais recentemente denominada de “Arte da Permissão”, e que podem, portanto controlar a intensidade  pela qual vocês permitem que aquilo que vocês são realmente, flua.
Na verdade, isso é o que “permitir” significa: quanto de quem eu sou realmente estou permitindo, por minha escolha de pensamento, que se faça presente neste momento?
 
Quando vocês estão irritados, estão retirando uma parte  que é sua para longe de si enquanto estiverem se sentindo intratáveis. E é assim. Quando permitem que  flua quem vocês  realmente são, vocês se sentem bem. Vocês se sentem como nos sentimos. Vocês se sentem luminosos.  Vocês se sentem seguros. Vocês se sentem invencíveis. Vocês se sentem poderosos. Vocês se sentem ávidos. Vocês se sentem corajosos. Vocês se sentem generosos. Vocês se sentem dispostos. Vocês se sentem compassivos. Vocês se sentem compreensivos. Vocês sentem vontade de dar aos outros o benefício da dúvida.
Quando vocês estão impacientes, quando estão irritados, quando estão se sentindo vulneráveis,  ou quando se põem na defensiva, quando se sentem culpados ou culpáveis, quando vocês estão temerosos – esses sentimentos são indicações de que vocês estão se “privando” de quem vocês são realmente. Não é de se admirar que se sintam mal. Sentir-se mal É isto, se furtar de quem você É.
 
Ao invés de dizer “eu acho que me sinto mal porque você disse isso e aquilo para mim”; ou “eu acho que me sinto mal porque as circunstâncias externas aconteceram dessa forma” – nós gostaríamos que vocês parassem um momentinho e dissessem “ Ei, espere aí. Eu me sinto mal por uma única razão, e só esta. Eu me sinto mal porque não estou permitindo que flua quem eu realmente sou. E é assim que eu me sinto quando EU roubo isso de mim.”
 
Alguém tem que fazer alguma coisa a esse respeito. E sabem do que mais? Só existe uma pessoa que pode fazer isso.
 
Assim, nós temos um jogo novo para vocês jogarem. E o jogo é assim: “Eu decidi, nesta forma física humana, que vou assumir a única, máxima e completa responsabilidade por tudo aquilo que me acontece. E eu nunca mais na minha vida... (vai ser preciso que eu me acostume um pouco...). Eu nunca mais na minha vida vou culpar outra pessoa por estar onde estou, pelo modo como me sinto, pelo que está acontecendo comigo.”  Imaginem se todos dissessem : “É problema meu, a MINHA vida é problema MEU.” Então vocês não culpariam mais seus parceiros; não culpariam mais seus filhos; não culpariam mais seus pais; não culpariam seus professores; não culpariam as circunstâncias. Vocês diriam: “Eu assumo a COMPLETA responsabilidade.”
 
A razão pela qual isso é definitivamente tão compensador é que você - e sempre–e-só você, unicamente você e sempre-e-só você, sempre-e-só você, unicamente você e sempre-e-só você foi a única pessoa que poderia ter feito alguma coisa a respeito de algo em sua  experiência de vida. Ninguém mais pode fazer isso. Em outras palavras, pedir para que as outras pessoas mudem  - mesmo que elas queiram, mesmo que elas possam fazê-lo por 5 ou 10 ou 15 ou 20 anos – mesmo que você consiga que as outras pessoas contenham seu comportamento para que você se sintam melhor, você é SEMPRE a ÚNICA pessoa que pode fazer alguma coisa a esse respeito.

Não importa a quantos aspectos de alguma coisa vocês estão dando atenção e sentindo-se mal com isto ... não interessam quantos aspectos negativos existem. É do nosso conhecimento absoluto que lá dentro, em algum lugar, existem aspectos positivos.
 
Mas pode ter acontecido que, pelo jeito que o seu relacionamento se desenvolveu, vocês começaram a se concentrar apenas nos aspectos de que não gostam. Então vocês ativaram esse lado das suas vibrações para uma expressão determinada. Assim, quando você se encontra com essa pessoa (ou pessoas), o que nela é mais evidente para você é essa parte que está mais ativa em sua própria  vibração.
 
VOCÊ ENTENDEU? O QUE A PESSOA MAIS MOSTRA A VOCÊ É A PARTE NELA QUE ESTÁ MAIS ATIVADA NA * SUA* VIBRAÇÃO.
 
É algo maravilhoso, você percebe? O que ela vai continuar lhe mostrando é aquela parte nela que está ativada na SUA vibração. E todo esse tempo você  pensou que era a pessoa que estava fazendo isso sozinha! E é apenas a parte que está mais ativada na sua vibração. É por isso, que quando dizemos “Alguém tem que fazer algo a esse respeito”, a pessoa a quem nos referimos é VOCÊ, e não os outros. VOCÊ.
 
Porque ...ah, nós sabemos ... as pessoas podem se dar conta e se esforçar bastante para só mostrar-lhe aquilo que o agrada. Mas perceba, você é inconstante no que deseja, e muda de uma hora para outra. Elas estão fora do seu sistema de orientação emocional. Elas procuram encontrar as formas de agradá-lo com base nas mensagens que você lhes envia, ou nos acordos “pré-nupciais” que vocês assinaram...ou nos argumentos que vocês deram quando disseram “Eu prometo que nunca mais farei isso”.
 
Em outras palavras, é muito complicado quando você tenta controlar a forma como se sente a partir do controle externo do comportamento dos outros. Nunca vimos isso dar certo, pelo menos não por muito tempo. É por isso que é mais fácil partir para um novo relacionamento, onde você não tenha ativado em si próprio os aspectos negativos do outro. Um novo relacionamento é mais fácil porque vocês não sabem muito sobre o outro ...  até saírem para aquele jantar quando perguntam “Fale-me sobre você!” (muitos risos da platéia).
 
Eis algumas promessas ótimas para serem feitas quando decidirem se unir a alguém:  “Eu prometo que não lhe direi nada sobre o meu passado e você vai me prometer não me contar nada sobre o seu. Vamos começar a partir desse momento, novos em tudo. Por favor, não me conte nenhum dos seus fracassos, porque assim que você o fizer, eu vou ativá-los em minha vibração, e vou absorvê-los de você.  Dai nosso relacionamento vai ser exatamente igual a todos os outros relacionamentos infestados de 'piolhos' que já tivemos. Não vamos fazer isso não! Vamos começar 'puros'.”
 
Então amanhã, o que vamos querer que vocês todos façam é que abandonem todas as pessoas que conhecem (muitas risadas), saiam para o deserto sozinhos, meditem e comecem com suas vidas novamente ...com as vibrações mais puras e renovadas.
 
Bom, vejamos o que temos aqui ....claro que vocês não vão fazer isso, e nem queremos que vocês o façam. Seria mais fácil se vocês PUDESSEM fazer isso. Mas se fizessem isso, se fossem começar tudo outra vez num novo relacionamento sem entender sobre o que nós iremos conversar hoje, depois de um tempo voltariam à mesma situação em que tiveram que largar todos os relacionamentos. Isso porque vocês têm hábitos vibracionais interiores que provocam o que acontece na vida de vocês. E durante todo esse tempo pensaram que tinha algo a ver com as outras pessoas. E isso nunca teve nada a ver com os outros. É só uma questão do que vocês ativam na sua vibração.
 
E aí vocês dizem, e estão certos quando dizem, “Mas tudo isto não estaria ativo na minha vibração se os outros não ficassem me mostrando estas coisas em tudo quanto é lugar”. E respondemos, sim, mas as pessoas lhes mostram uma série de coisas. Se forem mais seletivos, se for mais importante para vocês o como se sentem, mais importante que qualquer outra coisa ... então como será a sua experiência... será feliz. Porque quando vocês olham para um relacionamento recente e deliberadamente procuram nele por aspectos que os façam sentir bem, e praticam esse buscar por coisas que os façam sentir bem até que consigam ativar dentro de si esta vibração ... então o que terão é que ... aquelas pessoas com quem interagem *literalmente se elevam para corresponder à sua vibração*. Não estamos brincando quando dizemos isto.
Vocês já viram isto acontecer com crianças. Já viram que uma criança, com determinada pessoa, comporta-se de um jeito, e essa mesma criança com outra pessoa, se comporta de forma totalmente diferente. E aí dizem, “Eu não consigo nem acreditar que é a mesma criança”. O que acontece é que pessoas diferentes ativaram vibrações diferentes. Em outras palavras, vocês são seres multifacetados.

Recentemente, depois de nos contar chorando algumas coisas desagradáveis que estavam acontecendo, alguém nos disse: “Acho que isso aconteceu comigo quando eu estava no segundo ano da escola”
E agora temos uma pessoa adulta, que já tem seus próprios filhos, dizendo: “Eu acredito que isso aconteceu comigo quando eu estava no segundo ano da escola”.
E nós respondemos que também acreditamos nisso. Achamos que as coisas acontecem ao longo da sua trajetória física, e algumas delas se destacam  demais em sua experiência de vida. Foram tão grandes ou prenderam sua atenção por um tempo de uma forma dinâmica  ... que foi ficando gravado em vocês – algumas vezes depois de um martelar gradual e lento na sua cabeça, e outras vezes de modo dramático, gritante e rápido. Em outras palavras, se quando você estava com quatro anos de idade o trem passou sobre seu dedo do pé, você sempre terá uma relação com respeito aos trens diferente do que a maioria das pessoas que conhece. Quando algo assim acontece, a pessoa começa a emitir uma vibração mais dinâmica.
 
E então o que acontece é que, sem sabê-lo, você pratica aquelas vibrações.  Você fala sobre elas.  Você fala sobre elas durante todo o jantar.  Você pensa sobre elas.  Você sonha com elas.  Você escreve cartas sobre elas.  Agora você está escrevendo boletins eletrônicos sobre elas.  Ou seja você se pega conversando sobre como sua vida tem sido ou sobre como sua vida está hoje, e assim mantém viva a vibração dentro de você que É o ponto da atração.
 
Este é um Universo vibratório e tudo é sobre vibração. Tudo diz respeito à Lei da Atração. Este é um Universo de inclusão. Não existe exclusão.  Assim, o que quer que seja que você está emitindo vibratoriamente,  isto será sua experiência de vida.
 
Digamos que você tenha tido um intenso e especial relacionamento com alguém, quando era bem criança, e que este relacionamento provocou, por alguma razão, uma vibração em você que pode ser ativada a qualquer momento. Digamos que seja uma vibração de vulnerabilidade. E suponhamos que este alguém 'cutucou' esta vibração em você com alguma freqüência. E você desenvolveu padrões de vulnerabilidade ou de quem espera um ataque. E de tanto repetir (praticar) este padrão quase todos que aparecem em sua vida tratam-no de forma semelhante, e começam a dizer que você anda melindrado ou muito na defensiva. E quando você começa um relacionamento este padrão se desenvolve com extrema rapidez. Daí, seu psicoterapeuta diz, “Isto começou na sua infância.”
 
E nós lhe dizemos que muita coisa aconteceu quando você estava no primeiro grau, no segundo ou no terceiro grau da escola. Muitas coisas aconteceram ontem. Outras coisas vão acontecer hoje. Mas agora você está em posição de entender sobre vibrações. Agora você está em posição de entender que suas emoções revelam como está se sentindo. E revelam também o quanto de quem você realmente É está se permitindo ser.
 
Assim, quando você compreender realmente isto sobre permitir-se ser o que realmente é, você irá sentir-se poderoso, intrépido, sadio, vital, vivo e bem. Vocês SÃO a Fonte fluindo por seus corpos físicos. Qualquer coisa menos que é isto, é você mesmo bloqueando um pouco o fluxo da Fonte. Então é bem fácil começar a guiar-se para pensamentos, palavras e ações que o façam sentir-se bem, porque ao sentir-se bem você está se colocando num ponto vibratório de aceitação, permitindo que quem você realmente é flua por você.