NEKOMATA


Da esquerda para a direita: Ashitaka (b), Miyu (v), Aiko (bt), Yuri (v & g)


Em 1995, Nekomata foi fundada pelo seu antigo baixista Mifune Tsuitachi, que admirava a habilidade de Zaimoku Aiko na bateria e a voz de Meisaku Yuri. Querendo uma banda com um som diferente, ele propôs para suas duas colegas do clube de música formarem um grupo.

Seria somente naquele ano, pois era o último dele, e as garotas toparam mesmo assim. A afinidade entre eles foi instantânea e no mesmo ano ficaram em segundo lugar no Encore, perdendo para o Maggots.

Tsuitachi não queria que a banda acabasse quando saísse e aproveitou o interesse que o irmão caçula de Yuri demonstrava durante os ensaios e o ensinou a tocar baixo. Segundo Zaimoku “Modéstia nenhuma a parte, Ashitaka é o exemplo de aluno que supera o mestre”.

A última integrante do grupo entrou no início de 1997, quando Aiko procurava algo que fosse diferente para manter a idéia original da criação do Nekomata. A solução estava na cama ao lado. Sua colega de quarto, Goseki Miyu, que tocava violino, aceitou na mesma hora fazer parte de um conjunto alternativo como Nekomata.

No mesmo ano, o grupo empatou junto com o Maggots em primeiro lugar no Festival de Cultura, através do voto popular, fato inédito na história do Encore. Após a saída dos garotos, Aiko foi convidada a ocupar um dos cargos de sempai do clube de música, mas recusou, indicando em seu lugar a colega de banda, Miyu.

MEMBROS

Zaimoku Aiko

  • Apelido: Nenhum
  • Data de nascimento: 29 de novembro de 1980.
  • Signo chinês: Macaco.
  • Amaterasu: 1991 a 1998.
  • Clubes: Ikebana e música.
  • Cidade: Tokyo.
  • Família: Nascida Nashi Atae, os avos de Aiko são alguns dos “orfãos de Nagasaki”, onde perderam quase toda a família. Ela esperava ansiosamente seus poderes se manifestarem desde pequena. Seus dois irmãos mais velhos já tinham sido chamados para estudar em Amaterasu e ela queria muito que chegasse à idade de ir também.
    Quando tinha 5 anos ganhou do pai uma bateria de brinquedo e se apaixonou pelo instrumento. Desde então aprimorou muito o modo de tocar. É muito boa quanto pega suas baquetas e vai atrás da sua própria bateria, chamando atenção até dos rapazes(do meio musical ou não) que acham que bateristas normalmente são homens, pela força utilizada. Toda a disposição que tem para tocar some quando se fala em estudar. Aiko chama os três primeiros meses de aula de ‘ressaca das férias’, é quando menos estuda e menos presta atenção no que é dado.
    Entrou no clube de Ikebana por falta de opção, pois sabia que dançar seria terrível. Tem uma tatuagem de uma borboleta no pescoço no lado direito. Aiko não é uma pessoa matinal, não aceita um bom dia nos primeiros minutos da manhã. Por isso alguns a acham mal-humorada e metida, o que não é verdade. É só esperar o mau humor matinal passar que volta ao normal. Adora ficar acordada até tarde, seja batendo papo ou ouvindo música.

    Goseki Miyu


  • Apelido: Mi-chan
  • Data de nascimento: 15 de novembro de 1980.
  • Signo chinês: Macaco.
  • Amaterasu: 1991 a 1998
  • Clubes: Dança e música.
  • Família: São comerciantes de ervas mágicas em Osaka.
    Um boa palavra para começar a descrever Miyu seria "hippie". É despreocupada e cabeça fria, costuma filosofar em voz alta sobre tudo e todos e é louca por música. Toca violino e piano desde criança - teve uma educação clássica nos instrumentos antes de entrar na Amaterasu e, sob influência dos colegas do clube de música, descobrir o rock. É a aquisição mais recente da banda Nekomata.
    Miyu é um tanto relapsa com os estudos, nunca preocupando-se por muito tempo com qualquer coisa. Em sua rotina, apenas um hábito encontra guarida certa: tocar seu violino ao ar livre no entardecer. Sempre que o sol começa a se pôr, é sabido poder encontrar a moça às margens do Senpaku, descalça e com roupas largadas, afinando seu instrumento antes de começar a tocar alguma sonata clássica.
    Tem uma certa queda pelo colega de turma e amigo Haruhiro, não se importando muito que não seja recíproco. Nas palavras dela, "somos bons amigos que de vez em quando nos divertimos" - seja lá o que isso signifique.

    Meisaku Yuri


  • Apelido: Nenhum
  • Data de nascimento: 27 de fevereiro de 1981.
  • Signo chinês: Galo.
  • Amaterasu: 1992 a 1999
  • Clubes: Música e ikebana
  • Cidade: Suzuko
    Yuri seria aquela menina normal que passaria despercebida pela escola se não fosse a voz poderosa. É modesta em relação ao que consegue cantar, mas suas amigas brincam que ela pode cantar um heavy metal e uma balada romântica, agradando gregos e troianos. A vocalista do grupo Nekomata não é considerada convencida por ter uma voz tão potente.
    Na escola existem dois tipos de fãs da Yuri, os que ouvem suas músicas e os que babam enquanto a jovem passa. Ela é dona de uma beleza mestiça. Seus cabelos são ondulados naturalmente e seus lábios mais carnudos do que o tradicional japonês.
    Entrou no clube de ikebana após sua amiga, Aiko, praticamente a obrigar. É péssima na harmonia entre as flores e os verdes que devem ser colocados no vaso. Se pudesse somente ficaria no clube de música e nem as matérias tradicionais estudaria.
    Não é de falar muito, ao contrário de Aiko. A afinidade entre as duas leva a fofocas malignas de algumas pessoas, mas as duas amigas não se importam e seguem tão unidas quanto gostam.

    Meisaku Ashitaka


  • Apelido: Nenhum
  • Aniversário: 5 de julho de 1984.
  • Signo chinês: Rato.
  • Amaterasu: 1995 a 2002
  • Clubes: Música, quadribol e culinária
  • Cidade: Suzuko
    Irmão caçula de Yuri, Ashitaka é o único membro do sexo masculino no grupo, acabou se integrando à banda por influência da mais velha. É introspectivo e um pouco desligado, quase um oposto da personalidade de Yuri. Não é afeito a esportes, fazendo quadribol apenas por questão de obrigatoriedade. Adora cozinhar, especialmente inventar novas receitas junto com sua parceira do clube de culinária, Arai Misao, por quem Ashitaka possuí um carinho especial.

    Nota:Nekomata é o nome dado a um youkai e pode ser traduzido como "gato feiticeiro". Foram parcialmente inspiradas pelas bandas "Kittie" (canadense) e The Corrs (irlandesa).

    voltar. | avançar.